Segurança Aliança


Nota: Para compreender corretamente a posição do escritor, leia a mensagem do autor " Ao Leitor".
[6.1]
Graça Através da Fé
A pequena cidade certos produtos agrícolas nasceu ao lado de uma fazenda, grande propriedade privada, em um local deserto remoto. Com a excepção óbvia deste fazendeiro um rico o povo da cidade se esforçou para fazer ir das suas pequenas fazendas, de vegetais, mal eking o suficiente para proporcionar uma existência miserável para suas famílias sobrecarregados. Chuvas excessivas, flash geada inundações, seca, granizo ou prematura tinha tomado um pedágio impressionante nesta pequena comunidade a lutar. Os resultados destas calamidades naturais eram todos demasiado freqüentemente medido em vidas e bens perdidos.
[6.2]
Durante uma temporada de seca prolongada, especialmente, a maioria dos pequenos agricultores estavam em perigo de falta grave. Sem água, a doença logo destruiriam, culturas seria um fracasso, animais e pessoas muito jovens ou muito velhos ou muito fracas seriam perdidos para a sede e se continuasse, toda a comunidade pode perecer.
[6.3]
Neste ponto, o fazendeiro um rico chamado todos os habitantes da cidade para uma reunião. Ele disse-lhes de um velho poço que tinha sido usado há muitos anos, que nunca tinha ido seco. Este poço foi localizado em sua propriedade. Ele tinha pensado para salvá-lo por um tempo, quando seus poços outras não, mas que nunca tiveram. Ele lhes disse que não era fantasia, mas não tinha estrutura superior da polia, ou balde, mas todos os que estavam dispostos a chamar a sua própria água à mão usando sua própria corda e um balde iria encontrar água pura, refrescante livre para a tomada.
[6.4]
Alguns não acreditam que ele tinha como um bem. Outros temiam que este homem poderia estar planejando alguma maldade concebido para obter o controle de suas pequenas propriedades. Alguns nunca, a audição deste poço, suspeita que logo que eles estavam em sua propriedade, ele teria-los presos por invasão de propriedade e assim, estes se recusaram a ir preferindo esperar pela chuva. Outros, duvidando de motivos do homem rico, se recusou a aceitar o seu dom para o medo seu plano era de alguma forma, prendê-los a pagar por esta água em um tempo futuro e por isso recusou a oferta. Apesar de a água deste poço foi dado livremente a todas as pessoas da cidade, apenas uma parte aceita e tirou do poço. Aqueles que fez, prosperou; aqueles que não foram expulsos pela seca, a pobreza ea doença trouxe.

[6.5]
A água também foi um presente para todos, mas este presente só poderia ser aplicado se fosse apreendido através do uso de um balde de corda, e a fé necessária para diminuir o balde vazio, acreditando que a água estaria lá para preenchê-la. Uma vez preenchido, o balde tinha que ser levantado para a superfície, exigindo esforço por parte de alguém que busca seu conteúdo. Você vê, o balde e corda foram reduzidos na fé e criado pelo trabalho, diminuindo o balde na fé, mas não elevá-lo através do trabalho não teria nada realizado. Você vê, sem o trabalho do crente, o balde não poderia ter sido levantada e seu dom realizado. Assim, como a água do poço, dom gratuito da graça de Deus é dado a todos. Fé e crença são como o balde e corda, eles devem ser prorrogado a partir de nós. As obras, ou seja, a redução ea suspensão do balde são as manifestações exteriores do testemunho fé, fé, a evidência de que nossa fé é viva e eficaz.
[6.6]
Salvação foi disponibilizado a todos os homens pela graça de Deus. É seu favor, livre imerecido concedido a todos os homens por causa do Seu amor e misericórdia. Onde a graça palavra é usada, a palavra salvação poderia ser substituído. Assim como a esperança é semelhante à fé, a salvação é semelhante a graça.
João 3:16
16 Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Efésios 2:8-10
8 Porque pela graça sois salvos mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus:
9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie.
10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes de ordenado para que andássemos nelas.
[6.7]
Dom da graça de Deus, tendo já sido dada a todos os homens, não pode ser conquistada através de esforços do homem, ou seja, obras e Ele não vai retirar ou recusá-la a partir de qualquer homem.
Romanos 11:29
29 Porque os dons ea vocação de Deus são sem arrependimento.
Atos 10:34
34 Então Pedro abriu a boca, e disse: Em verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas:

[6.8]
Este dom está disponível para todos os homens igualmente e sem preconceitos. É resgatáveis ​​por meio da fé de todos os que crêem no Filho único de Deus unigênito, o Senhor Jesus Cristo, "pela graça mediante a fé" (João 3:16). Vamos dizer a nós mesmos uma e outra vez. Pela fé, pela fé, pela fé, recebemos dom gratuito da graça de Deus através da fé. Ele não pode ser recuperado por qualquer outro meio. Sem esta fé, é impossível agradar a Deus ou ter os meios para recuperar a sua graça dada gratuitamente. É o único instrumento aceito para usar para mergulhar em águas dado livremente da graça de Deus.
Hebreus 11:6
6 Ora, sem fé é impossível agradar-lhe: para aquele que vem de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.
[6.9]
Assim, a fé é o único instrumento aceitável através do qual podemos receber a graça de Deus. Mesmo a própria fé está disponível para todos porque também vem como um dom de Deus, feito igualmente acessível a todos dispostos a recebê-la através da palavra de Deus.
Romanos 10:17
17 Assim, pois, a fé vem pelo ouvir, eo ouvir pela palavra de Deus.
2 Timóteo 3:15
15 E que desde a infância sabes as sagradas escrituras, que são capazes de fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.
[6.10]
A fim de obter a fé, devemos ouvir a palavra de Deus e de estudo para mostrar a nós mesmos aprovados.
2 Timóteo 2:15
15 Procura apresentar-te a Deus aprovado, um obreiro que não tem que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

[6.11]

Se ouvirmos a palavra de Deus com os nossos ouvidos só, a nossa fé não tem substância e somos auto-enganados. A verdadeira fé é viva e responde à Palavra de Deus, é posta em prática.
1 Coríntios 02:05
5 Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.
Tiago 1:22
22 E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
[6.12]
O testemunho de nossa fé e crença resultante é demonstrado pela nossa obediência aos Seus mandamentos e nossas obras. Não obras da lei ou mesmo obras da carne, mas sim, obras que brota da nossa fé, amor e crença em Cristo.
1 Tessalonicenses 1:3
3 Lembrando-nos sem cessar da obra da fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai;
Efésios 2:10
10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes de ordenado para que andássemos nelas.
1 João 2:3-4
3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos.
4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso ea verdade não está nele.
[6,13]
Obras são o fruto da fé e sem este fruto, a fé deixa de existir e sem fé, assim vai a nossa capacidade de alcançar a graça sempre fluindo de Deus.
Tiago 2:14-26
14 Que proveito há, meus irmãos, se alguém disser que tem fé, e não tiver obras? a fé pode salvá-lo?
15 Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano,
16 e algum de vós lhes disser: Ide, Ide em paz, sede aquecido e cheio; não obstante não lhes derdes as coisas que são necessárias para
o corpo, que proveito há nisso?
17 Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma.
18 Sim, um homem pode dizer: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
19 Tu crês que há um só Deus; fazes bem: também os demônios crêem e tremem.
20 Mas queres saber, ó homem vão, que a fé sem obras é morta?
21 não era o nosso pai Abraão justificado pelas obras, quando ofereceu seu filho Isaac sobre o altar?
22 Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada?
23 E se cumpriu a escritura que diz: Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus.
24 Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.
25 Da mesma forma também não foi a prostituta Raabe justificado pelas obras, quando recolheu os emissários, e os despediu por outro caminho?
26 Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.
[6.14]
Muitos hoje estão tentando tirar a sua conta graça sem um deslize retirada válida de fé. A assinatura necessária no deslizamento que valida-lo é a mesma coisa que prova que temos fé e as coisas que provar a nossa fé são as obras a fé inspirada.
Tiago 2:17, 18
17 Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma.
18 Sim, um homem pode dizer: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
Mateus 25:31-40
31 Quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
32 E diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos;
33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
34 Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo:
35 Pois eu estava com fome e me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber: Eu era um forasteiro, e me levou em:
36 nu, e vestistes-me: eu estava doente e me visitastes; estava na prisão, e fostes ver-me.
37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te comer? Ou com sede e te demos de beber?
38 Quando te vimos peregrino e te acolhemos? ou? nu, e vestiu-te
39 Quando te vimos enfermo ou na prisão, e fomos visitar-te?
40 E, respondendo o Rei e dize-lhes: Em verdade vos digo que, Na medida em que fizestes isso a um de menor destes meus pequeninos irmãos, vós fizestes a mim.
[6.15]
A graça está aí para todos e todos têm acesso a ele através da fé verdadeira. A graça foi dada a todos, mas a fé necessária para se conectar a ele deve ser encontrado. Alguns tê-lo encontrado e, mais tarde abandonou a sua fé e com ele, o único meio que tinham de garantir os privilégios e promessas contidas na graça de Deus.
Considere Demas (Colossenses 4:14, 2 Timóteo 4:10)
Alexandre e Himeneu (1 Timóteo 1:20, 2 Timóteo 4:14)
Tenha em mente (Mateus 10:22, Mateus 24:13)
Lembre-se de Saul (1 Samuel 28:3-19)
1 Coríntios 16:13
13 Vigiai, estai firmes na fé, portai-vos varonilmente, sede fortes.
Mateus 10:22
22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
[6,16]
Em resumo
Graça, o dom livre, imerecida de Deus ea salvação que ele traz, não pode ser perdida; ele permanecerá como um convite aberto para todos os homens até que o Espírito de Deus é removido.
1 Pedro 1:13
13 Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e espero até o fim para a graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo;
[6,17]
A única forma de coletar esse dom, é através da fé, isto é, a nossa crença em Cristo.
Romanos 5:2
2 Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.
[6,18]
A graça é disponibilizado a todos, mas para obtê-lo, precisamos ter fé, é "a graça mediante a fé". Você não pode perder a graça ou a salvação que ele traz, ele está sempre disponível, mas você pode perder a fé, sua crença, sua esperança em Deus como fez Saul, Demas e Alexandre, e é impossível abrir mão do dom gratuito da graça de Deus sem ela. Nosso dom da graça de espera por nós para abrir, mas sem fé, não será revelado ea salvação que ele traz não serão realizados. É como um presente enviado em uma caixa trancada, a fé é a única chave que se encaixa.
[6,19]
Porque pela graça sois salvos,
Não pode haver dúvida de que somos salvos pela graça e nada mais. Deus estendeu a um povo réprobo a oportunidade de receber o Seu perdão e perdoou-los através de Seu favor imerecido. Este perdão veio na forma de um convite a todos.
João 3:16
16 Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
[6,20]
Sendo não faz acepção de pessoas, Deus estendeu este convite, ou seja, a graça a todos os homens, assim, toda a humanidade foram feitos os beneficiários da graça de Deus.
Atos 10:34
34 Então Pedro abriu a boca, e disse: Em verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas:
[6,21]
Sendo assim, poderíamos muito bem concluir neste ponto, que toda a humanidade é salva, assumindo que a graça de mais nada é tudo que é necessário para a salvação. Há mais, pois "Deus amou o mundo (todo ele) que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê n'Ele não pereça, mas tenha a vida eterna." Então, a graça mediante a fé, a crença em Cristo ou seja, traz salvação. Acreditar em algo que nunca vimos requer fé.
[6,22]
Através da Fé
Sem crença verdadeira oferecidos na forma de fé, é impossível agradar a Deus. Embora seja perfeitamente claro que a graça veio como um dom livre, não ganho para todos os homens, ele veio com uma condição. O convite de Deus estendida teve que ser aceito caso contrário, o benefício deste dom não poderia ser realizado.
João 3:16
16 que todo aquele que crê não pereça, mas tenha a vida eterna
[6,23]
Imagine por um momento que um de seus amigos lhe diz que ele colocou um milhão de dólares em depósito em seu nome em um banco localizado em um local distante. Você pode ser tentado a pensar que ele está brincando e nunca perguntar mais. Assim, por falta de fé, você não acreditar nele. Como resultado de sua falta de fé, esta fortuna permanecerá para sempre unclaime e você nunca vai perceber seus benefícios. O presente foi lá no depósito, que estava livre e poderia ter mudado sua vida e as vidas daqueles que você ama, mas você não reclamá-lo. Assim é com o dom divino da salvação, isto é graça. Dom gratuito da graça de Deus torna a salvação disponível a todos os homens, mas é preciso ter fé para prendê-lo, ou seja, para reivindicá-lo. Considere a parábola da grande ceia ea razão pela qual Cristo ensinou-lo.
Lucas 14:16-24
16 Então disse-lhe: Um certo homem fez uma grande ceia e convidou a muitos:
17 E mandou o seu servo à hora da ceia para lhes dizer que foram convidados: vinde, porque tudo já está preparado.
18 E todos à uma começaram a escusar-se. O primeiro disse-lhe: eu comprei um pedaço de chão, e eu preciso ir vê-lo: rogo-te que me dês por escusado.
19 E outro disse: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-los: rogo-te que me dês por escusado.
20 E outro disse, eu ter casado com uma esposa, e, portanto, não posso ir.
21 Então o servo, e mostrou o seu senhor, essas coisas. Então o dono da casa, indignado, disse ao seu servo: Sai depressa para as ruas e becos da cidade, e traze aqui os pobres, e aleijados, e os mancos, e os cegos.
22 E o servo disse: Senhor, feito está como mandaste, e ainda há lugar.
23 E o senhor disse ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e obriga-os a entrar, para que a minha casa se encha.
24 Pois eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia.
[6,24]
A disponibilidade de salvação através da aceitação da graça de Deus não pode ser discutido. É uma realidade bíblica, uma certeza espiritual. Nesta irmãos, não pode haver controvérsia assim, ao que parece, neste ponto, que estamos, pelo menos, se aproximando acordo. Como é que vamos receber esse dom gratuito? Para receber esse dom gratuito colocado em conta para nós, devemos acreditar que ele está lá. Nossa fé é o deslizamento de retirada que deve apresentar a fim de recolher esse dom. Novamente, o que é este deslizamento retirada? É crença através da fé. O que é fé? "O fundamento das coisas que se esperam, ea prova das coisas invisíveis."
Hebreus 11:1
11:01 Agora a fé é a substância das coisas que se esperam, ea prova das coisas não vistas.
[6.25]
O que se espera? A bendita esperança da nossa salvação.
Romanos 8:24
24 Porque nós somos salvos pela esperança: mas a esperança que se vê não é esperança: para que um vê o homem, por que se queixa ele ainda esperar?
Tito 2:13
13 Aguardando a bem-aventurada esperança ea manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo;
[6,26]
O que é invisível? A evidência física de primeiro advento de Cristo, isto é, da sua presença física. Nós não estávamos entre aqueles que o viram em carne e osso.
João 20:29
29 Jesus disse-lhe: Thomas, porque me viste, creste: bem-aventurados os que não viram e creram.
[6,27]
Aceitar isso, sem prova física é verdadeira crença estabelecida na fé. A fé vem de Deus bem de água viva. Ele vem pelo ouvir a palavra de Deus.
Romanos 10:17
17 Assim, pois, a fé vem pelo ouvir, eo ouvir pela palavra de Deus.
2 Timóteo 3:15
15 E que desde a infância sabes as sagradas escrituras, que são capazes de fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.
[6,28]
Portanto, ele também vem de Deus, mas temos de acreditar na fé esta boa notícia, este evangelho. Devemos recebê-lo, e como muitos como recebê-la é dado o poder de tornar Seus herdeiros adotado.
João 1:12
12 Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, aos que crêem no seu nome:
[6,29]
Esta fé ou crença deve ser mantida, pois é possível acreditar por algum tempo e depois desaparecem, ou seja, perder a esperança ou fé. Considere o caso de Saul ou Demas.
1 Samuel 28:12-16
12 E quando a mulher viu Samuel, gritou em alta voz: e mulher falou a Saul, dizendo: Por que me tens enganado? Pois tu mesmo és Saul.
13 E o rei lhe disse: Não temais: o que viste? E a mulher disse a Saul: Vejo deuses que sobem da terra.
14 E ele disse-lhe: Que é a sua figura? E ela disse: Um velho vem subindo, e ele é coberto com um manto. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e inclinou-se.
15 Então disse Samuel a Saul: Por que tu me inquieta, fazendo-me subir? E Saul respondeu: Eu estou muito angustiado, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem por profetas, nem por sonhos; por isso eu te chamei, para que te dar a conhecer aos me o que hei de fazer.
16 Então disse Samuel: Por que então que pedes de mim, visto que o Senhor se tem desviado de ti, e se tem feito teu inimigo?
2 Timóteo 4:10
10 Porque Demas me desamparou, tendo amado o mundo presente, e é partiram para Tessalônica, Crescente para a Galácia, Tito para Dalmácia.
[6,30]
O próprio Cristo ensina isso na parábola do semeador.
Lucas 8:13
13 Os que estão sobre a rocha são os que, ao ouvirem, recebem a palavra com alegria, e estes não têm raiz, que por um tempo acredito, e no tempo da tentação se desviam.
[6,31]
Negar isso seria contradizer as palavras do próprio Cristo e as provas dadas nas escrituras.
Se a fé vem pela palavra de Deus, devemos estudar para mostrar-nos aprovados, trabalhando a nossa salvação com temor e tremor para a nossa fé é o canal através do qual apenas somos capazes de receber o dom da graça de Deus.
2 Timóteo 2:15
15 Procura apresentar-te a Deus aprovado, um obreiro que não tem que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
Filipenses 2:12
12 Portanto, meus amados, como sempre obedecestes, não como na minha presença somente, mas muito mais agora na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.
Romanos 11:20
20 Bem, porque sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Não ser orgulhosos, mas o medo:
[6,32]
A responsabilidade de manter a nossa relação com Cristo cai para nós. Demas falhou, Alexandre, o latoeiro falhou e se cair, como fizeram, nós também irá falhar e chegar a morte espiritual.
Tiago 5:19-20
19 Irmãos, se algum de vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter,
20 Deixe-o saber, que aquele que converte o pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.
Romanos 6:23
23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.
[6,33]
Crença verdadeira repousa sobre uma fé forte. Muitos passaram a acreditar que a simples aceitação intelectual da pessoa e da missão de Cristo é suficiente para ser salvo. Eles pensam erradamente que simplesmente acreditando que o relato bíblico é o mesmo que fé. Os demônios também acreditam, mas sua crença não é baseada na fé em Cristo. É uma coisa a dizer: "Eu acredito que você existe" e outro para dizer: "Eu acredito em você". É evidente a partir do livro de Tiago que somos vulneráveis ​​ao engano, especialmente no que diz respeito à nossa compreensão da fé. Por que mais Deus, através de James, têm tido o cuidado de definir tais verdadeira fé para nós?
Tiago 2:14-26
14 Que proveito há, meus irmãos, se alguém disser que tem fé, e não tiver obras? a fé pode salvá-lo?
15 Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano,
16 e algum de vós lhes disser: Ide, Ide em paz, sede aquecido e cheio; não obstante não lhes derdes as coisas que são necessárias para o corpo; que proveito há nisso?
18 Sim, um homem pode dizer: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
20 Mas queres saber, ó homem vão, que a fé sem obras é morta?
21 não era o nosso pai Abraão justificado pelas obras, quando ofereceu seu filho Isaac sobre o altar?
22 Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada?
23 E se cumpriu a escritura que diz: Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus.
24 Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.
25 Da mesma forma também não foi a prostituta Raabe justificado pelas obras, quando recolheu os emissários, e os despediu por outro caminho?
26 Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.
[6,34]
Aqui está o verdadeiro ponto focal da maioria dos contenção. Dom da graça de Deus é constante, isto é, não pode e não vai ser retirada ou negada a qualquer homem que ainda há tempo.
2 Timóteo 2:13
13 Se somos infiéis, ele permanece fiel: não pode negar a si mesmo.
Romanos 11:29
29 Porque os dons ea vocação de Deus são sem arrependimento.
[6.35]
Você não pode perder a graça de Deus, Seu convite está até que você desenhe seu último suspiro. Você pode, no entanto, perder a fé, o meio pelo qual a graça de Deus é transferido para sua vida. Isso fica claro nos exemplos anteriores já foi dito.
[6,36]
Como alguém pode tornar-se incrédulos? Ao cair para trás em dúvida e descrença. Tal descrença é demonstrado pelo afastamento da verdade, ou seja, o evangelho de Jesus e viver uma vida de desobediência, consistente intencional.
1 Pedro 1:9-11
9 Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.
10 Da qual salvação os profetas inquiriram e trataram diligentemente, que profetizaram da graça que vos foi dada:
11 Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo que estava neles, indicava, quando testificava de antemão dos sofrimentos de Cristo, ea glória que deve seguir.
2 Pedro 3:17
17 Vós, portanto, amados, sabeis estas coisas antes, fique atento para também vós, sendo levado com o erro da queda, mau de sua própria firmeza.
1 Coríntios 15:1-2
1 Além disso, irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual também recebestes, e no qual perseverais;
2 Pelo qual também sois salvos, se vos manter na memória o que vos anunciei, a menos que tenhais crido em vão.
[6,37]
Aviso: as escrituras não fazem grande esforço para definir a graça de Deus, mas não medem esforços para lidar com o assunto de fé. Por quê? Será que nós, enquanto na carne, são propensos a esquecer que se estamos em Cristo, que Ele atribuiu uma obra, ou seja, um ministério para nós? Enquanto a graça de Deus é uma fé constante, se não for mantida, pode aumentar ou diminuir, e ele precisa ser exercido por meio de obras.
Tiago 1:22-25
22 E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
23 Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante a um homem que contempla seu rosto natural em um vidro:
24 Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece que tipo de homem ele era.
25 Mas aquele que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas executor da obra, este será bem-aventurado no seu feito.
[6,38]
Em Cristo
O que significa estar em Cristo? Se andarmos na justiça, como Ele fez, nós estamos em Cristo, ou seja, seguir os Seus passos.
1 João 1:7
7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, eo sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado.
[6,39]
Se tropeçar (momentaneamente) deixar uma impressão fora de Sua, devemos confessar isso e pedir perdão.
1 João 1:9
9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
[6,40]
Se optar por deixar o caminho trilhado Ele para que possamos seguir o nosso próprio curso, somos culpados de pecar deliberadamente. Não devemos abandonar a fé para perseguir nossos próprios desejos. Se fizermos isso, nós colocamos a nossa salvação em risco, por abandono de proteção prometido por Deus oferecida através da Sua aliança da graça.
[6,41]
Isso significa que estão além da salvação de Deus, isto é, a Sua graça? Não, estamos além do seu compromisso, ou seja, sua aliança conosco. Neste ponto, o chamado de Deus sobre nós é discricionária. Ele pode optar por continuar a conceder-nos Sua misericórdia, ou Ele não pode. Não temos mais a sua aliança nos protegendo. Se ainda se sentem atraídos para Ele, Ele não é através conosco ainda, mas se nós não sentimos mais a necessidade de um relacionamento com Ele, se não sentimos a Sua presença ou ouvir a sua chamada, se Ele se tornou nada mais que um sentido mito ou fantasia, nós nos tornamos como homens mortos andando.
2 Tessalonicenses 2:10-12
10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade, que eles possam ser salvos.
11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;
12 Para que todos eles podem ser condenados que não creram a verdade, antes tiveram prazer na injustiça.
Êxodo 33:19
19 E ele disse, farei toda a minha bondade passar diante de ti, e te proclamarei o nome do SENHOR diante de ti, e se compadecerá de quem hei de ser gracioso, e lhe mostrarei misericórdia de quem eu lhe mostrarei misericórdia.
Romanos 9:15-18
15 Pois diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão.
16 Assim, pois, não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que se compadece.
17 Porque diz a Escritura a Faraó: Mesmo para este mesmo propósito que eu te levantei, para que eu pudesse mostrar meu poder em ti, e que meu nome seja anunciado em toda a terra.
18 Portanto, tem ele misericórdia de quem ele vai ter misericórdia, e quem quer endurece.
Colossenses 2:8
8 Cuidado para que nenhum homem mimá-lo por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo.
[6,42]
Como podemos vir a pensar em Deus como um mito ou fantasia? Por não possuir a fé necessária para reivindicar, isto é, a se agarrar ao dom da graça de Deus.
[6,43]
Como nós tropeçamos em nossas tentativas menos perfeito para seguir a Cristo, nós, no entanto, manter a nossa fé, nossa crença em Cristo. Se nós vivemos nossas vidas em todo o mundo para nós mesmos, fora de Cristo, negando a fé, então é óbvio que já não amá-Lo, obedecê-lo ou ter a fé necessária para permanecer nEle. Assim, perdemos o meio (fé) de acesso, ou seja, lançar mão da graça de Deus, temos abandonado a salvação estendida a nós através de dom gratuito de Deus e, apesar de o dom da graça continua disponível, sem fé, ela permanecerá uma fechada ou o presente inacessível.
[6,44]
Se a ausência de fé em Deus produz a busca de prazeres mundanos, então obediência e fé em Deus produz a justiça nasce da obediência, amor e fé. Nós sabemos que não podemos agradar a Deus sem a fé eo testemunho de que temos fé, que a fé realmente existe dentro de nós, é visto através do nosso serviço, ou seja, nossas obras feitas por ele de um coração de obediência amorosa. Esta prova é demonstrada pela nossa conduta, nosso serviço aos outros, especialmente os irmãos.
[6.45]
Mateus 25:40
40 E, respondendo o Rei e dize-lhes: Em verdade vos digo que, Na medida em que fizestes isso a um de menor destes meus pequeninos irmãos, vós fizestes a mim.
1 João 2:3-4
3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos.
4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso ea verdade não está nele.
[6,46]
Obras
As obras que os filhos de Deus não são para garantir a salvação disponível através da graça de Deus. Esse navio já partiu, isto presente já foi dado. Os trabalhos realizados por crianças de Deus são a consequência natural da fé, pois eles são o testemunho, a evidência de sua fé, que serve para provar a eles e outros que sua fé tem substância e que não tenham sido enganados.
Por que isso é prova de fé é tão importante? Porque é o único meio pelo qual temos acesso a dom gratuito da graça de Deus para a fé nos dá a capacidade necessária para abrir dom gratuito de Deus. Lembre-se, é graça através da fé e da graça de Deus vem a nós através de mais nada, mas a fé.
[6,47]

A importância da mensagem do evangelho é clara. Deus concedeu a Sua graça sobre todos e disponibilizado para toda a fé através do que Ele também fez disponíveis. A fé vem pelo ouvir a palavra de Deus, isto é, a mensagem do evangelho. Ele não vem para nós por ouvir a palavra de Deus com apenas um ouvido do natural, mas deve ser ouvida pelos nossos ouvidos espirituais. Nós sabemos que tem sido recebido pelo nosso ouvido espiritual, quando somos movidos a responder.
Romanos 10:17
17 Assim, pois, a fé vem pelo ouvir, eo ouvir pela palavra de Deus.
Tiago 1:22
22 E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
[6,48]
Se formos apenas ouvintes naturais, estamos auto-enganado, devemos ser cumpridores também. Obras têm nada a ver com dom gratuito da graça de Deus, mas tudo a ver com o dom da fé. Sem fé, Deus não está satisfeito. Sem fé, o dom da graça não tem condutor através do qual a fluir em nossas vidas e sem as obras, a conseqüência natural da fé, só podemos concluir que nossa fé tenha morrido. Quando plantamos uma semente que deixa de produzir um tiro, sabemos que a semente morreu e o mesmo acontece com a fé.
[6,49]
A semente plantada em nosso coração é a palavra de Deus. Se a vida de sementes, que gera a fé provando que tem sobrevivido ao ambiente que foi plantada dentro A conseqüência da semente, ou seja, a palavra de Deus é a fé e os frutos da fé, a prova e testemunho da fé é obra, demonstrada pela maneira em que nós vivemos nossas vidas.
Através de:
[6,50]
Amor
1 João 4:16
16 E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus e Deus nele.
Obediência
1 João 2:3-4
3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos
4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso ea verdade não está nele.
Justiça
1 João 2:29
29 Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.
Amor dos irmãos
1 João 4:21
21 E temos este mandamento dele, que quem ama a Deus ame também a seu irmão.
[6,51]
Graça
O que afeta é que podemos ter sobre a graça? Ele não se originou com a gente e nós não temos capacidade de aumentá-la, diminuí-la ou alterá-lo e nem nossas obras de obediência, fé ou amor. Como todos os presentes, que é, o que é. Graça originou-se com Deus e as condições necessárias para participar desse dom que Ele fez simples. Sua graça está disponível para todos e pode ser recebido por toda a fé por meio. Embora seja verdade que não temos absolutamente nenhum efeito sobre a graça, também é verdade que temos um efeito sobre a fé, pois, enquanto a graça nos vem de Deus somente, a fé é algo que adquirimos através da palavra de Deus.
[6,52]
É possível queda da graça? Sim! A cair a partir dele você primeiro deve possuir. Qualquer um que tenta ser justificados pela lei caiu em desgraça e abandonou a salvação disponibilizados por ele. Existe uma diferença entre obras da lei (ganhando o seu caminho para o reino de Deus, mantendo a lei) e obras de fé? Sim! Somos justificados por obras (da fé), mas não somos justificados por guardar a lei.
Gálatas 5:4
4 Cristo é tornar sem efeito a vós, quem de vós são justificados pela lei; sois caído em desgraça.
James 2:22-26
22 Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada?
23 E se cumpriu a escritura que diz: Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus.
24 Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.
25 Da mesma forma também não foi a prostituta Raabe justificado pelas obras, quando recolheu os emissários, e os despediu por outro caminho?
26 Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.
[6,53]
Redundância
Por favor, não falta esse ensinamento para sua redundância. Muito tem sido repetido aqui, não para desafiar a sua integridade ou a maturidade, mas no reconhecimento de que, muitas vezes, especialmente nas Escrituras, encontramos nova revelação de versos ou textos lidos muitas vezes antes; textos que têm mantido uma mensagem especial dentro esperando o momento em que o mestre de todos os ensina, ou seja, o Espírito Santo, que vivifica-no-las, dando-nos nova luz. É por isso que eu me aproximei de algumas coisas repetidamente a partir de perspectivas diferentes.
[6,54]
A soma dos Matéria
Tudo o que temos dito aqui é esta verdade simples. Se não temos obras para validar nossa fé, não temos fé, é morta. Se não temos fé apoiada pelas obras, não podemos receber o dom da graça de Deus que está disponível apenas através da fé e, finalmente, se não ganhar acesso a dom gratuito da graça de Deus por meio de (ou por) fé, não podemos receber salvação disponibilizados para nós pelo Seu dom da graça. Não podemos perder o dom divino da graça, mas podemos abandonar a fé que leva para se apoderam dele. A fé pode aumentar, diminuir e ser obscurecida por engano. A fé pode até mesmo deixar de ser, isto é, tornar-se morto. Nossa fé e esperança está no retorno de Cristo, quando Ele irá estender a salvação, a graça de Deus, para aqueles que acreditam na fé, assim, libertá-los das conseqüências do pecado e da morte e gratificante a sua fé com o dom da vida eterna.
1 Pedro 1:3-5
3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
4 Para uma herança incorruptível, incontaminável, e imarcescível, reservada nos céus para vós,
5 Quem são mantidos pelo poder de Deus através da fé para a salvação preparada para revelar no último tempo.
Matt 10:22
22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
[6,55]
A fé de alguns tem sido destruída por falsos ensinamentos.
2 Timóteo 2:18
18 Quem sobre se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição é já passada, e perverteram a fé de alguns.
[6,56]
Quando andamos na pegadas de Cristo, fazemo-lo como filhos de Deus fez isso por fé.
Gálatas 3:26
26 Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.
[6,57]
Esta fé tem feito a nossa eventual adopção, enquanto estamos ainda nestes órgãos, com a aprovação final a ter lugar na segunda vinda de Cristo. Essa adoção permanecerá em vigor enquanto não estamos afastados.
Colossenses 1:22-23
22 No corpo da sua carne, pela morte, para vos apresentar santos e irrepreensíveis e irrepreensíveis diante dele;
23 Se vós permanecerdes na fé fundados e firmes, e não ser afastado da esperança do evangelho que tendes ouvido, e que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro;
Romanos 8:23-25
23 E não só eles, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.
24 Porque nós somos salvos pela esperança: mas a esperança que se vê não é esperança: para que um vê o homem, por que se queixa ele ainda esperar?
25 Mas, se esperamos o que não vê, então vamos esperar com paciência para isso.
[6,58]
Na vinda de Cristo, nossa bendita esperança vai se transformar em realidade quando a promessa de vida eterna vai ser realizado.
Apocalipse 20:6
6 Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição: sobre esses a segunda morte não tem poder, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.
1 Tessalonicenses 4:16-17
16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus: e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro;
17 Então nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.
[6,59]
Perdão e redenção será estendido pelo Senhor a todos os que são tomadas na primeira ressurreição sobre eles, a segunda morte não terá poder.
Apocalipse 20:12-13
12 E vi os mortos, grandes e pequenos, diante de Deus, e os livros foram abertos: e outro livro foi aberto, que é o livro da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
13 E deu o mar os mortos que nele havia; ea morte eo inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.
[6,60]
Seus nomes aparecem no livro do Cordeiro de vida no julgamento do grande trono branco.
[6,61]
Se Eu Fosse Deus
Nenhum cristão em sã consciência poderia escolher a adotar uma doutrina que se colocam ou entes queridos em risco espiritual. Se Deus nos deu a escolha, ou se fôssemos Deus, todos os nossos amigos e familiares saberiam a alegria da vida eterna no Reino de Deus. O problema com isto é que nós não somos Deus, por isso não começa a fazer esses tipos de decisões.
[6,62]
Todos nós temos entes queridos que gostaríamos de ver novamente depois de morrermos. Há aqueles que amamos que foram antes de nós e não vai ser mais provável que faça a última viagem depois que se foi. Quem quer pensar em qualquer um gostava de ser banido para o lago que arde com fogo e enxofre, amava os membros da família eternamente separados de Deus ou pior?
[6,63]
Em muitas igrejas hoje, a salvação do pecado foi reduzido para um encantamento. Muitos pensam que se pode obter um incrédulo dizer as palavras certas prescritos, apenas na maneira direita, convidando todos os poderes espirituais direito, então a salvação é garantida para a eternidade. Eles só têm que esperar para o pregador para dar o convite para integrar o reino de Deus. Então, para ter seus pecados perdoados e receber vida eterna, eles devem fazer o seu caminho para a frente enquanto a congregação canta suavemente "Assim como eu sou." Uma vez lá, eles devem confessar que é um pecador, a promessa de acreditar em Jesus, escutar alguns minutos de instrução, recebem um folheto pequeno, geralmente o evangelho de João e, em seguida, eles estão em seu caminho para a vida eterna.
[6,64]
É Simples
Juntar-se à família de Deus parece bastante simples, e é, para aqueles que verdadeiramente se arrependem e experimentar o poder do perdão de Deus. Infelizmente para muitos outros, não era nada mais do que um momento de emoção com base em sua crença de que eles não tinham nada a perder. Estes convertidos temporários precisam entender que Deus não ler os lábios; Ele lê corações. Aqueles que têm essa experiência momentânea são como sementes que caem em pedregais, onde a terra não tem profundidade.
Mateus 13:5-6
5 E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra muito: e logo nasceu, porque não tinha profundidade de terra;
6 E quando o sol estava, eles foram queimados, e porque não tinha raiz, secou-se.
[6,65]
Os corações desses cristãos são superficiais e momentâneas a semente da fé nunca cresce até a maturidade, nem fruto de rendimento, é visto por um momento e depois desaparece rapidamente. E aqueles que eram sinceros? Muitas igrejas ensinam uma doutrina que convence-los que, uma vez que eles estão salvos, estão no seu caminho para o céu e nunca pode perder a sua vida eterna com Deus. Isto é uma mentira terrível não suportado pela Escritura! Alguns sugerem que qualquer pessoa que se afastar de Deus para o pecado nunca tinham verdadeiramente acreditado. Isto, também, é uma mentira como as palavras de Cristo revelam abaixo.
Lucas 8:13
13 Os que estão sobre a rocha são os que, ao ouvirem, recebem a palavra com alegria, e estes não têm raiz, que por um tempo acredito, e no tempo da tentação se desviam.
Se você não pode acreditar Jesus, que você pode acreditar?
[6,66]
Isso daria a todos nós uma grande paz para acreditar que todos os que já pediram a Jesus em seu coração e morreu, está em seu reino, mas isso só não é assim.
[6,67]
A Bíblia Apóia
Há muitos versículos da Bíblia que, à primeira vista parecem apoiar esta "uma vez salvo, sempre salvo" posição, mas após um exame mais detalhado, falhar no teste. Vamos examinar alguns.
Filipenses 1:6
6 Tendo por certo isto mesmo, que aquele que começou boa obra em você vai realizá-la até o dia de Jesus Cristo:
[6,68]
Por favor, note que o "ele" mencionado aqui é o Espírito Santo. É Ele que nos leva a toda a verdade, é o Espírito Santo, que começou a boa obra e do Espírito Santo é mais do que capaz para completá-lo (Efésios 4:30). O problema não reside na capacidade do Espírito Santo para completar a obra da salvação, mas sim em nossa vontade de deixá-lo (Filipenses 2:12). Na verdade, somos selados mas apenas com o selo da promessa (Efésios 1:13). Esta promessa no entanto, é com base na condição que perseverar até o fim (Mateus 10:22).
[6,69]
Nós temos um livre arbítrio. Não é tirado quando recebemos a salvação, Deus não vai arrastar-nos pelas portas do seu reino, chutando e gritando. O Espírito Santo é como um salva-vidas que lança um salva-vidas espiritual àqueles afogando no pecado. Ele tem a força e é bem capaz de nos puxar para a segurança, mas temos de tomar posse e perseverar até o fim (Marcos 13:13). Verdadeiramente, o salva-vidas (Jesus) é lá para fazer exame, mas primeiro devemos tomá-lo, então espere até que estamos em segurança no reino de Deus. Se deixarmos ir, iremos nos afogar, a escolha é sempre nossa. Da mesma forma, Jesus disse: "Eu nunca te deixarei nem te desampararei." Mas as escrituras dizem que nunca vai deixar ou abandonar Jesus?
Hebreus 13:5
5 Seja a vossa vida sem avareza; e se contente com as coisas tal como vós: porque ele mesmo disse, eu nunca te deixarei, nem te desampararei.
Phil 02:16
16 retendo a palavra da vida, que me alegre com o dia de Cristo, que eu não tenha corrido em vão, nem trabalhado em vão.
[6,70]
Ele também diz: "Nenhum homem é capaz de arrebatá-las da mão de meu Pai", mas que Ele diz que não pode deixar a sua mão a nós mesmos?
João 10:28-29
28 E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, nem qualquer ninguém as arrebatará da minha mão.
29 Meu Pai, que mas deu, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu pai.
[6,71]
Aqui, Ele diz que Ele nos deu a vida eterna. Por quê? Leia o versículo 27: "Porque elas me seguem." Então, nós temos a vida eterna, se seguirmos Jesus e se seguirmos Jesus nenhum homem pode arrancar-nos da sua mão ou seu pai. O que acontece se não continuar a seguir Jesus?

1 Coríntios 15:1-2
1 Além disso, irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual também recebestes, e no qual perseverais;
2 Pelo qual também sois salvos, se vos manter na memória o que vos anunciei, a menos que tenhais crido em vão.
[6,72]
Devemos entender que estamos fazendo negócios espiritual com um Deus da aliança. Isto significa que Deus vai nos dar tudo o que Ele prometeu, se cumprir os termos de sua aliança. Nós temos a vida eterna em Cristo, se confessarmos Jesus é Senhor e crer em nosso coração que Ele venceu a morte (Romanos 10:9-10). Se Jesus não é o nosso Senhor, então nossa confissão é falsa, o que irá desqualificar-nos de receber o dom da salvação que Ele prometeu. Se Ele é o Senhor, Ele está em carga completa da nossa vida. Não acredito nisso, porque você ler isso aqui, olhe para você mesmo, é claro na palavra de Deus.
I João 1:07
7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, eo sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado.
[6,73]
Se andarmos na luz, como Ele fez, temos comunhão com outros irmãos eo sangue de Cristo nos purifica de todo pecado. Great! E se nós não andarmos na luz (a luz da verdade e da justiça), o que, se andarmos na escuridão, o sangue de Jesus ainda nos purificar de todo pecado? Se assim fosse, não haveria necessidade de começar com esta declaração "If", nem qualquer razão para se arrepender. Por favor, continue a ler, até que você termine o versículo nove.
I João 1:9
9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
[6,74]
Aqui, novamente, vemos a maior pequena palavra na Bíblia, a palavra aliança "se". Esta palavra sempre indica uma condição que deve ser cumprida. "Se confessarmos os nossos pecados, Ele (Jesus) é fiel para nos perdoar e nos purificar de toda injustiça." Mais uma vez, "se confessar;" e se não o fizermos, nós ainda estamos limpos? A resposta é um NO óbvio! Se não é possível para um cristão a se afastar da verdade, então por que James tão preocupado?
Tiago 5:19-20
19 Irmãos, se algum de vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter,
20 Deixe-o saber, que aquele que converte o pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.
[6.75]
Por favor note que ele aborda esses comentários para irmãos, um termo que só pode ser interpretada aqui como cristãos. Aqui ele nos diz claramente que se um cristão desliza de volta para o pecado, (por isso é possível para um cristão a deslizar para trás) e outra cristã convence-lo a voltar para o caminho estreito da justiça, a única a fazer o resgate salvou seu irmão Christian da morte espiritual. Então, é possível conhecer a Cristo e se afastar Dele. Os demônios que servem a Satanás conhecer a Cristo e temem ainda que não vai escapar Seu castigo eterno. Conhecimento de Cristo não é suficiente. Para ser o seu salvador, ele deve primeiro ser o seu Senhor, Ele deve ter autoridade dominante em sua vida.
Tiago 2:19
19 Tu crês que há um só Deus; fazes bem: também os demônios crêem e tremem.
Mateus 7:22-23
22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?
23 E então direi-lhes: Nunca vos conheci: afastar-me, vós que praticais a iniqüidade.
[6,76]
Muitos dos que agora professam o cristianismo não conseguem perceber que a maioria das pessoas que pensam que são cristãos não são, eles estão enganados! Eles acreditam que são salvos quando eles não estão salvos. O que é um ótimo lugar para Satanás para mantê-los, eles nunca vão procurar a verdade, porque eles pensam que já têm. A verdade assustadora como mostrado abaixo, revela que apenas um pequeno número irá encontrar e seguir o caminho que conduz à vida eterna.
Mateus 7:14
14 porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos há que a encontrem.
[6,77]
Em vez disso, eles vão passar desta vida, em pé diante do trono de julgamento de Cristo, com seus olhos arregalados de expectativa, e ouvi-Lo dizer: "Afasta de mim, nunca vos conheci" (Mateus 7:21-23). Para toda a vida de seus líderes espirituais lhes disse: "Uma vez que você está salvo, você nunca pode perder sua salvação." Talvez você não pode perdê-lo como se ele caiu de seu bolso, mas está claro na palavra de Deus que você pode perder isso. Deus forças ninguém em seu reino, Ele não leva cativos ali. Escravos são feitas por Satanás e não Deus, se um homem é um escravo de Deus é porque ele se ofereceu para o trabalho.
[6,78]
Como nós sabemos que sabemos dele?
Se decepção é assim difundido entre os crentes professos, como podemos ter certeza de que estamos salvos? Deus sabia que o dia estava chegando quando a doutrina, concebido para satisfazer as pessoas com comichão nos ouvidos, seria popular entre pregadores e os rebanhos se alimentam. Enquanto eles podem convencer os impenitentes que eles estão salvos, não haverá chance de verdadeira cidadania no reino de Deus. O erro que os mantém presos é de crer que as palavras dos homens em vez de procurar a palavra de Deus.
2 Timóteo 4:3-4
3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina, mas depois as suas próprias concupiscências, ajuntarão para si mestres, tendo comichão nos ouvidos;
4 E desviarão os ouvidos da verdade, e voltando às fábulas.
[6,79]
Dando-nos a Sua palavra preciosa, temos tudo que precisamos para o auto-exame, tudo que é necessário para fazer essa determinação crítica, basta ler o texto abaixo.
I João 2:3-4
3 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos.
4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso ea verdade não está nele.
[6,80]
Que mandamentos? Considere Mateus 22:37-40, João 13:34, João 15: 12, 1 Timóteo 1:5 e 1 João 3:23, 24. Podemos ser honestos o suficiente para examinar nossas vidas à luz da palavra de Deus? Mais vai esquecer este texto assim que lê-lo. Se você se lembrar mais nada neste capítulo, lembre-se acima de 1 João 2:3, 4 de texto.
[6,81]
Outro argumento
Um dos argumentos apresentados em nome do "uma vez salvo sempre salvo" doutrina é tirado de um dos mais citados escrituras e passagens amado. João 3:16 diz: "Todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." Por favor, note que as escrituras dizem que "não deve" em vez do conclusiva "não". Muitas escolas de ensino médio em Massachusetts deixou escapar às 2:00 pm e a maioria das crianças deve estar em casa por 14:30 mais ou menos um pouco, mas as crianças são o que são, nem sempre corresponder às expectativas dos pais. Eles devem estar em casa 02:30 mas isso nunca é uma certeza e nem é a nossa bendita esperança, a esperança de nossa vocação. As crianças devem estar em casa, mas muitos não estarão. Há uma grande diferença entre deve ser e será, basta perguntar a qualquer pai. O reino de Deus aguarda todos os que perseverarem até o fim (Marcos 13:13). Se a morte vos surpreenda um vivendo em pecado, aqueles que têm trabalhado pacientemente para que a alma, fizeram a corrida para a salvação que um é em vão. Deixe-me repetir mais uma vez o versículo seguinte. Leia-o atentamente.
Tiago 5:19-20
19 Irmãos, se algum de vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter,
20 Deixe-o saber, que aquele que converte o pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.
Mateus 10:22 b Aquele que perseverar até o fim será salvo.
[6,82]
Em Tiago 5:19-20, vemos o irmão rebelde é dirigido para a morte. Em 1 Coríntios 15:1-2, vemos uma situação que devemos manter. Se formos para herdar a vida eterna, devemos manter na memória o que os Apóstolos nos ensinou. E se nós não?
1 Coríntios 15:1-2
1 Além disso, irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual também recebestes, e no qual perseverais;
2 Pelo qual também sois salvos, se vos manter na memória o que vos anunciei, a menos que tenhais crido em vão.
[6,83]
Como dito acima, se não ouvir os Apóstolos as conseqüências podem ser desastrosas. O texto abaixo nos adverte para viver e trabalhar a nossa fé diariamente.
Filipenses 2:12
12 Portanto, meus amados, como sempre obedecestes, não como na minha presença somente, mas muito mais agora na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.
[6,84]
Considere o que aconteceu com os servos inúteis em ambas as parábolas que Jesus contou. Mateus 18:32-35 e Mateus 25:24-30, mostrado abaixo.
Mateus 18:32-35
32 Então o seu senhor, depois que ele havia ligado para ele, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste:
33 não devias tu também ter compaixão do teu companheiro, como eu tive compaixão de ti?
34 E o seu senhor, indignado, e entregou-o aos verdugos, até que pagasse tudo o que lhe devia
35 Assim também meu Pai celeste deve fazer também vós, se sois de coração não perdoardes cada um a seu irmão suas ofensas.
Mateus 25:24-30
24 Então, ele que tinha recebido um talento e disse: Senhor, eu sabia que és um homem duro, que ceifas onde não tens semeado, e recolhes onde tu não espalhavam:
25 E eu estava com medo e foram e os esconderam o teu talento na terra: eis que não tens o que é teu.
26 o seu senhor respondeu, e disse-lhe: Servo mau e preguiçoso, sabias que ceifo onde não semeei e recolho onde não joeirei:
27, portanto, deves ter dado o meu dinheiro aos banqueiros, e depois com a minha chegada eu deveria ter recebido com juros.
28 Leve pois, o talento dele, e dai-o ao que tem os dez talentos.
29 Porque a todo aquele que tiver será dado, e terá em abundância; mas o que tem não será tirado até o que ele tem.
30 E lançai o servo inútil nas trevas exteriores: ali haverá choro e ranger de dentes.
[6,85]
A Condição Despercebida
Há muitos lugares no Novo Testamento, especialmente nos evangelhos, onde Jesus parece estar oferecendo vida eterna como um presente sem quaisquer condições. Alguns presentes, embora livre, leve condições: a vida eterna é uma delas, mesmo que não declarado. Alguns pais dão automóveis como presentes de formatura de seus filhos e, muitas vezes esses dons são livres, mas apenas como muitas vezes eles vêm com um conjunto de condições. Sim, o carro é livre e sem custo para a criança, o pai assumiu a responsabilidade financeira, mas onde, quando e como esse carro é para ser usado muitas vezes é uma condição que os pais atribuem. O mesmo se aplica para a salvação, seja explicitamente ou não. Na maioria dos trechos onde a salvação é mencionado, as condições estão claramente definidos. A própria salvação é um dom gratuito, mas, não temos que crer em Cristo para obtê-lo? Não é que condição? Não somos também obrigados a guardar os Seus mandamentos? Verdade, o carro é gratuito, mas quem paga o seguro, petróleo, gás e manutenção? A luz da salvação também é gratuita, mas não somos obrigados a andar em que a luz, para mantê-la?
[6,86]
Chip Brogden, um irmão e professor, escreve um breve ensaio intitulado "A Obra de duas vezes da Cruz". Neste breve artigo, ele começa citando Peter e continua da seguinte forma:
"Cristo sofreu por nós, deixando-nos um exemplo, que você deve seguir os seus passos" (I Pedro 2:21). Se fôssemos perguntar a um cristão, "Você já aceitou o trabalho da Cruz?" Muitos deles diriam que sim. Se você perguntar a eles o que o trabalho da Cruz é, eles poderiam responder, dizendo que o trabalho da Cruz é a crucificação do Senhor Jesus pelos pecados do mundo. Embora isto seja verdade o suficiente, ela pode ser enganosa. A melhor pergunta a fazer é: "Você aceitou o trabalho de duas vezes da Cruz?" Tentar fazer isso em poucos cristãos e provavelmente você vai receber uma resposta intrigado ao longo das linhas de, "Qual é a obra duas vezes da Cruz?" Isso é porque a maioria das pessoas só estão familiarizados com um lado da cruz, e não ambos os lados.
[6,87]
Por muitos anos eu estava só ensinou um aspecto da cruz - isto é, a cruz na qual Jesus morreu por mim. Isso é tudo que eu sabia, e para que é que eu ensinei. Nesta cruz, Ele foi crucificado como meu substituto. Ele deu a Sua vida por mim. Seu precioso sangue foi derramado para o perdão dos meus pecados. Não só isso, mas a Bíblia diz que Deus colocou sobre Jesus a iniqüidade de todos nós. João Batista chama de "o Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo inteiro." Através da identificação com a Sua morte sacrificial, Ele se torna o nosso Substituto. Entramos em Sua obra consumada. Nós somos feitos um com Ele lá na cruz. Graças a Deus não temos que pagar esta dívida, para que tenha sido realizado por nós. Nós não temos que ir para a cruz e ser crucificado por nossos pecados. Gostaria de sugerir que quase todo cristão está familiarizado com esse aspecto da Cruz. É a base do evangelicalismo, a base de milhões de sermões para milhões de crentes. É a verdade e agradecemos a Deus pela verdade sempre que é proclamada.
[6,88]
Há um outro lado para esta Cruz, uma outra dimensão da mesma verdade, que não é tão conhecido, e dificilmente é pregada a todos. Como resultado, muitos crentes se contentam em abraçar a "Cruz do pecador", isto é, eles confessaram Jesus como Salvador, e eles compreendem e aceitam como seu Substituto. É certamente verdade que Jesus é nosso Substituto, e que Ele morreu na cruz por nós. Mas como já dissemos, há uma obra em duas vezes da Cruz. Peter faz alusão a esse trabalho duas vezes quando ele escreve, "Pois também Cristo sofreu por nós, deixando-nos um exemplo, que você deve seguir os seus passos." Cristo sofreu por nós, que é o primeiro aspecto. Mas Ele nos deixou um exemplo, que é o segundo aspecto. Assim, o trabalho da Cruz é duplo. Em primeiro lugar, Jesus é nosso Substituto. Em segundo lugar, Ele é o nosso Exemplo. No primeiro caso, Ele tomou a cruz. No segundo caso, eu levo a cruz. O primeiro trabalho da Cruz é para o pecador; a segunda obra da cruz é para o discípulo. Jesus disse que a maneira de vida é através de uma porta estreita e um caminho difícil. O Gate é apenas o começo da viagem, mas não é o destino. Portanto, temos de ter os dois Portão eo Caminho. Um não é completo sem o outro. Uma vez que estamos através da porta, existe um caminho para nós a caminhar. O Portão torna possível para nós a caminhar o caminho, mas o portão é incompleta sem o Caminho. A vida está no fim do caminho, não no início. Isto corresponde ao trabalho de duas vezes da Cruz. O "Percardo do cruz" é o Gate. Porque Jesus é meu substituto, posso agora andar no Caminho. "Discipulo do cruz" The é o Caminho. Agora eu estou seguindo o seu exemplo. Você pode ver a diferença? Jesus diz que o caminho para a Vida é através de uma porta estreita e um caminho difícil. A Porta Estreita é Cristo. É estreito porque Ele é o único caminho. Mas por que é o Caminho tão difícil? Em parte porque é muito mais fácil, muito mais atraente, a aceitar Jesus como um substituto do que aceitá-lo como um exemplo. Dito de outra forma, é muito mais atraente para aceitar Jesus como Salvador do que aceitá-Lo como Senhor. Com uma simples oração que eu possa reconhecê-lo como meu substituto e Salvador. Mas, para torná-lo o meu exemplo e meu Senhor, para realmente andar em Seus passos, não é tão atraente. Por quê? No primeiro caso, eu simplesmente abraçar a " Pecador do cruz" e tudo é feito para mim. Mas no segundo caso, tenho de assumir " Discípulo do Cruz " e realmente seguir os passos do Mestre. Leva apenas um momento para passar pelo Gate, mas o caminho leva uma vida de caminhada. Pedro escreveu sobre este trabalho de duas vezes da Cruz, mas vemos em Mateus 16 que ele nem sempre teve esse entendimento.
[6,89]
Em Mateus 16, vemos Jesus como nosso substituto e nosso Exemplo tudo em um único capítulo. Primeiro, há a Jesus como o substituto. Ele começa a mostrar a seus discípulos que Ele deve ir a Jerusalém, sofrer muito, ser morto e ressuscitado ao terceiro dia. Por seus pecados? Não, pelos nossos pecados. Portanto, neste Ele é nosso Substituto. Peter, se ofender por causa disso, Jesus puxa de lado e começa a repreendê-lo. Imagine! Peter está repreendendo o Senhor Jesus sobre este assunto da Cruz. É, na verdade, uma coisa difícil de compreender. Mas Jesus se vira e repreende Pedro. Sim, ele vai ser assim. Vou ir a Jerusalém e morrer pelos pecados do mundo. Devo terminar meu trabalho substitutivo. Mas o trabalho de duas vezes da Cruz é mais profunda do que a morte física de Jesus. E assim Jesus imediatamente começa a falar com eles, não sobre sua cruz, mas sobre a cruz: "Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga- mim. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la, mas quem perder a sua vida por minha causa a encontrará "(Mateus 16:24,25).
[6,90]
Pedro opôs-se à morte do Senhor Jesus e queria impedir sua crucificação. O Senhor Jesus respondeu que não só o Mestre deve ser crucificado, mas qualquer um que desejavam seguir após o Mestre, por necessidade, tem que tomar a sua cruz também. Peter finalmente aprendeu essa lição, e é tempo de aprendermos também. Jesus é tanto Substituto e meu exemplo. Jesus, é tanto meu Salvador e meu Senhor. Jesus é a porta estreita eo caminho difícil. Se houver qualquer dúvida quanto à razão para a falta de poder, falta de alegria, uma falta de fidelidade, uma falta de Espírito e Verdade, hoje, nós precisamos apenas examinar a atitude suprema de uma pessoa para a Cruz. É a Cruz, para eles, algo que Jesus os salvou, ou algo que Jesus salvou por? O fruto, ou a falta dela, conta a história toda. Pois nunca haverá, e nunca pode haver, qualquer fecundidade além de abraçar o trabalho de duas vezes da Cruz. A questão, naturalmente, surgem: pode Jesus ser o Salvador, mas não ser o Senhor? Posso aceitar a salvação, mas não o discipulado? Posso entrar no portão, mas não a pé o Caminho? E a preocupação subjacente é realmente esta: posso rezar a Oração do Pecador, viver do jeito que eu queira, e ainda ir para o céu quando eu morrer? A questão em si é muito revelador no os que pedi-lo. Considerar que são necessárias duas vigas para fazer uma cruz, um feixe não é suficiente. Se aceitarmos apenas metade do trabalho de duas vezes da Cruz, então nós não temos realmente abraçou a Cruz. Se continuarmos a pregar um Evangelho fácil e trazer os pecadores para um Jesus fácil, tendo-lhes uma oração fácil, então somos culpados de propagar um outro evangelho, um falso evangelho, um portão sem um caminho.
[6,91]
O jovem rico chegou a Jesus com a mesma preocupação: o que devo fazer para herdar a vida eterna? Sua principal preocupação era ir para o céu quando ele morreu. Para muitos cristãos, que é o objetivo final ea motivação por trás de tudo o que fazem. Na realidade, Jesus disse relativamente pouco sobre a "ir para o céu quando morrer." Mas Ele tinha um pouco a dizer sobre ser obediente à vontade de Deus e produzir frutos enquanto você ainda está vivendo aqui na terra. Para o jovem rico que queria ser salvo, Jesus ofereceu o discipulado não, a salvação: "Então Jesus, olhando para ele, o amava, e disse-lhe: 'Uma coisa te falta: Vai, vende tudo quanto tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a sua cruz e siga-me '. Mas ele estava triste com esta palavra, e retirou-se triste, porque possuía muitos bens. Então Jesus olhou ao redor e disse aos seus discípulos: "Como é difícil para aqueles que têm riquezas entrar no reino de Deus! '" (Marcos 10:21-23). ​​Não "como fácil para eles entrar no Reino de Deus", mas "como é difícil". O trabalho de duas vezes da Cruz é um duro discurso para ricos e para pobres. Muitos voltam embora triste e triste com a idéia de tomar a cruz como um discípulo. Por essa razão, apenas a primeira metade da obra duas vezes da Cruz é pregada. Eu suspeito que o jovem rico teria avidamente aceitou Jesus como seu Substituto -!. porque a implicação sutil é que desde que Jesus morreu na cruz, eu não vou ter que morrer Mas como todas as outras sugestões do adversário, isso também é apenas uma verdade parcial Por toda a verdade é que o trabalho de Cruz é duplo, e podemos abraçar ambos, ou nenhum, mas não podemos manter um e desprezar o outro.
[6,92]
Você pode estar preocupado que, se condicionar a salvação em discipulado, em seguida, menos pessoas seriam salvas. Isso é exatamente o ponto. Este é precisamente o que Jesus queria dizer quando Ele disse: "Poucos encontrá-lo" (Mateus 7:14 b). Então o que estamos a fazer? Devemos continuar a dar falso conforto para aqueles que não estão dispostos a tomar a sua cruz, negar Self, e seguir Jesus? De maneira nenhuma. Em vez disso, vamos nos esforçar para mostrar aos outros, por exemplo, que a única forma de vida é através da morte, a única maneira de reinar com Ele está a sofrer com Ele, não aqueles que ouvem, mas aqueles que ouvem e colocar em prática, são Seus verdadeiros discípulos. Que o próprio Senhor Jesus dar testemunho destas coisas, que elas são verdadeiras. Amen.
[6,93]
Mais um obstáculo
Há outras passagens que poderíamos olhar que são usados ​​para apoiar a posição uma vez salvo sempre salvo, mas cada um vem com seu próprio loop buraco e não consegue resistir ao teste. Quando estes argumentos pobres acabarem, os que apóiam esta doutrina populares vez de lógica. Normalmente, é assim: se ao receber Jesus Cristo, nos tornamos Seus irmãos e herdeiros da salvação, somos parte da família de Deus. Uma vez que você faz parte da família de Deus, renascido em que, como você pode deixar de ser relacionados? Uma vez que você é um membro de uma família, você está sempre um membro. Certo? Errado!
[6,94]
Olhe mais de perto
Considere o relacionamento de Deus com Israel em Jeremias 03:08.
Jeremias 3:08
8 E olhei, quando, por todas as causas em que pérfida Israel cometeu adultério eu tinha repudiá-la, e deu-lhe carta de divórcio; ainda a sua aleivosa irmã Judá não temia, mas foi e se prostituiu também.
Se isso não mexer com você tente ler Romanos 11:20-24.
Romanos 11:20-24
20 Bem, porque sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Não ser orgulhosos, mas o medo:
21 Porque se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também.
2 Eis, portanto, a bondade ea severidade de Deus: para com os que caíram, severidade, mas para contigo, bondade, se tu permaneceres na sua benignidade; de ​​outra maneira também tu serás cortado.
23 E eles também, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque Deus é capaz de graff-los novamente.
24 Pois se tu foste cortado da oliveira, que é selvagem por natureza, e foste enxertado contrário à natureza em boa oliveira, quanto mais esses, que são ramos naturais, serão enxertados na sua própria oliveira?
[6,95]
Nota especialmente o verso 22, onde Deus mais uma vez, estabelece uma condição para sua aliança, "Se tu continuar em Sua bondade." Note-se também o resultado se não o fizer, "Do contrário, também tu serás cortado." Em outras palavras rejeitadas. Este texto é muito semelhante a outra dada por João no décimo quinto capítulo de seu evangelho.
João 15:6
6 Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.
[6,96]
O apóstolo João fala de dois tipos de pecado, que devemos orar e aquele em que a oração não vai ajudar. O último tipo leva à morte espiritual, porque até mesmo o arrependimento é inaceitável. Por quê? Porque nós blasfemaram de Deus (Espírito Santo).
I João 5:16-17
16 Se alguém vir seu irmão cometer um pecado que não é para morte, pedirá, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há um pecado para a morte: Eu não digo que ele deve orar por ele.
17 Toda injustiça é pecado, e há pecado não para morte.
[6,97]
O livro de Hebreus nos familiariza com o pecado cometido após a salvação, depois de termos recebido o Espírito Santo num momento em que ninguém podia questionar a verdade da nossa crença. Ninguém é participante do Espírito Santo, que não é salvo. Neste ponto, encontramo-nos sobre os chifres de um dilema doutrinal. Por um lado, temos as palavras tranquilizadoras de 1 João 1:9.
I João 1:9
9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
[6,98]
Por outro lado, somos confrontados com a declaração de Hebreus 6:4-6 e 10:26-27.
Hebreus 10:26-27
26 Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,
27 Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo que há de devorar os adversários.
Esta é uma realidade capaz de enviar arrepios na espinha, mesmo dos mais desviados dos cristãos.
[6,99]
Quando pecamos
É claro que, como cristãos, nós, como o apóstolo Paulo, muitas vezes nos encontramos em situações em que estamos servindo a nossa natureza, inferior pecaminoso.
Romanos 7:15-25 (Bíblia Viva)
15 Eu não me entender em tudo, pois eu realmente quero fazer o que é certo, mas não posso. Eu faço o que eu não quero-o que eu odeio.
16 Eu sei perfeitamente que o que estou fazendo é errado, ea minha consciência má prova que eu concordo com essas leis que estou quebrando.
17 Mas eu não posso me ajudar, porque eu não estou mais fazendo isso. É o pecado dentro de mim que é mais forte do que eu que me faz fazer essas coisas más.
18 Eu sei que estou completamente corrompido no medida em que a minha velha natureza pecaminosa está em causa. Não importa o caminho que eu me volte, não pode me fazer bem. Eu quero, mas não posso.
19 Quando eu quero fazer o bem, eu não, e quando eu tento não fazer o mal, eu faço isso de qualquer maneira.
20 Ora, se eu estou fazendo o que eu não quero, é claro que o problema é: o pecado ainda me tem em suas garras malignas.
21 Parece ser um fato da vida que, quando eu quero fazer o que é certo, faço inevitavelmente o que está errado.
22 Eu amo fazer a vontade de Deus tanto quanto a minha nova natureza está em causa;
23.24.25, mas há algo mais profundo dentro de mim, na minha natureza inferior, que está em guerra com minha mente e ganha a luta e faz-me um escravo do pecado que ainda está dentro de mim. Em minha mente eu quero ser servo voluntário de Deus, mas em vez encontro-me ainda escravizado ao pecado.
[6,100]
Se continuamos a pecar, é óbvio que o problema é que o pecado ainda nos tem em seu entender mal. No entanto, se confessarmos os nossos pecados, Ele (Jesus) vai nos purificar (1 Jo 1:9). A diferença aparente entre essas duas passagens, esses dois ensinamentos, aparentemente contradizendo, repousa no entendimento dos dois tipos de pecado mencionado anteriormente. Em Hebreus, estamos lidando com o pecado que está além da ajuda da oração, que uma leva à morte espiritual, enquanto no primeiro John, estamos lidando com o pecado que nos faz tropeçar no caminho da justiça. Qual é a diferença? A diferença é o pensamento ea intenção do coração e isso é conhecido pelo Espírito da verdade, o Espírito Santo, o revelador da palavra de Deus.
Hebreus 4:12
12 Porque a palavra de Deus é viva e eficaz e mais penetrante que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
[6,101]
Se a intenção do coração é para servir a Deus, mas em um momento de fraqueza caímos para o pecado, estamos em uma categoria e 1 João se aplica. Se, no entanto, nossa intenção é de viver para nós mesmos e indulge nossos apetites pecaminosos voluntariamente, enquanto que possuem o conhecimento da verdade, tendo já entrado no pacto de salvação com Cristo, então não temos mais uma reivindicação legítima para a aliança de sangue que Deus fez com nós através de Seu filho unigênito. Se assim for, temos então liberado Deus de Sua obrigação assumida divinamente para honrar sua aliança conosco. Deus nos lembra do perigo de estar nesta situação.
Hebreus 10:31
31 É uma coisa terrível cair nas mãos do Deus vivo.
[6,102]
Devemos crer que qualquer cristão que caminha deliberadamente em pecado Deus desafiando a Sua face, cai nas mãos desta condenação.
Hebreus 6:4-6
4 Porque é impossível para aqueles que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo,
5 e provaram a boa palavra de Deus, e os poderes do mundo vindouro,
6 Se eles caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento;, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus novamente, e colocou-o à ignomínia.
[6,103]
Vamos tentar entender essa situação. Um homem contrata um empreiteiro para construir uma casa para ele. Ele pede o contratante quanto tempo vai demorar para concluir a sua nova casa. O empreiteiro responde que vai demorar 16 semanas para completar todo o trabalho necessário para ocupação. O proprietário futuro sabe que deve dar a sua semana sixteen presente senhorio aviso prévio ao movimento. Se a casa não está pronto, ele terá que colocar todos os seus utensílios no armazenamento e mover sua família para um hotel de criar um grande inconveniente e aumentando os custos necessários para cobrir o hotel, armazenamento e despesas de mudança. Para proteger-se desses encargos acrescentou ele coloca uma cláusula penal em seu contrato com o construtor. Para cada dia de sua casa permanece incompleta, além do 16 semanas acordado, o construtor terá que pagar o dinheiro dono da casa o suficiente em penalidades para cobrir eventuais transtornos e despesas extras sofrido pelo proprietário. Vamos supor, no entanto, que o construtor excedeu seu tempo determinado, porque ele estava doente e hospitalizado por várias semanas, mas tinha feito um trabalho extremamente bem a esse ponto, o proprietário pode optar por ser menos exigente, embora o empreiteiro está em todos os sentidos, responsável . Neste caso, o destino do contratante está nas mãos do proprietário. O proprietário pode optar por aplicar a pena, ignoram totalmente a cláusula penal ou qualquer coisa no meio.
[6,104]
Se o proprietário exigiu o acabamento contratante em menos de 16 semanas o acordado, o contratante teria sido perfeitamente justificado em tomar todo o tempo previsto no contrato, de modo que o contrato serve para proteger ambas as partes. Se o contratante é uma violação do contrato, o seu destino financeiro está totalmente nas mãos do proprietário. O proprietário pode fazê-lo pagar, compartilhar a perda ou perdoar a dívida por completo. Cabe ao dono sozinho. Não pode o empreiteiro se refugiar no contrato. Da mesma forma, um cristão que tenha deliberadamente e intencionalmente quebrou a sua aliança com Deus não pode mais reivindicar quaisquer direitos, privilégios ou proteção oferecida sob os termos do contrato, convênio ou seja.
2 Pedro 2:20-21
20 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, o fim último é pior que o começo.
21 Porque tinha sido melhor para eles não terem conhecido o caminho da justiça, do que, depois de terem conhecido, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado.
[6,105]
Se nós deliberadamente o pecado que não podemos mais sustentar a aliança de Deus de sangue diante dle, não temos acordo oferecendo-nos proteção. Temos crucificado o Filho de Deus unigênito novamente, temos realizado abertamente Seu filho ao ridículo e desgraça. Embora afirmando ser filho de Deus, temos de forma aberta e desafiadoramente pecou na presença de seus inimigos. Nosso destino agora está em Suas mãos sozinho, não temos aliança para proteger-nos por mais tempo.
[6,106]
Se o Espírito de Deus ainda chama
Se o Seu Espírito ainda nos conclama a vir, a seguir, para servir e obedecer, então é razoável assumir que não é tarde demais, Deus não é através conosco ainda. Todo pecado é um ato consciente, mas nem todo pecado é intencional. Sim, mesmo quando tropeçamos nós sabemos o que estamos fazendo. Teimosia não é apenas um ato consciente, mas uma atitude do coração. Você já viu um filho rebelde olhar diretamente nos olhos de seus pais e deliberadamente desobedecer? Isso é desobediência deliberada. Não é apenas ter os dedos no pote de biscoitos, é olhando nos olhos de reprovação de sua mãe durante a remoção do cookie. É uma coisa para uma menina cristã de dar para petting em um momento de fraqueza e outro abertamente se prostituir nas ruas. Talvez agora nós podemos dizer a diferença entre um pecado que pode ser purificado e do pecado que leva à morte espiritual.
[6,107]
Se você, como muitos que viveram longe de Deus, depois de receber o Seu dom da graça, agora estão cheios de medo da sua rejeição, é razoável supor que você ainda se preocupam com o seu relacionamento com Ele danificado. Para ter certeza, você pode ter excedido a aliança de Deus, mas você não pode ter excedido a sua misericórdia. Se você ainda atraídos para Ele, e ainda ouvir o Seu chamado em sua vida, você permanece Seu filho e você pode se consolar com o seguinte verso.
João 6:44
44 Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
Aqueles que tenham sido rejeitados não são mais atraídos para Ele, pois eles não procuram servir ou agradar a Deus. Estes estão entre os mortos-vivos.
[6,108]
Algumas Quem Falha
Rei Saul do Velho Testamento, tinha muito que teria lhe trouxe o sucesso no mundo de hoje. Fisicamente ele gostava de boa aparência e estava acima da altura da maioria dos homens. Ele era feroz na batalha e tinha uma mente astuta. Depois de se tornar rei de Israel, que tinha fama e riquezas, mas em face de todas essas bênçãos que ele violou a confiança de Deus. É difícil de compreender, mas ele fez. Saul tornou-se tão cheio de si que ele se afastou de Deus para consultar os poderes de feitiçaria. Ele se tornou vão o suficiente para pensar que iria passar despercebido diante de Deus. Como resultado Saul, que tinha tudo, perdeu tudo e morreu um inimigo de Deus (1 Samuel 28:1-18). Não é razoável supor que Deus permite que Seus inimigos para habitar ou herdar o Seu reino. Aqui, no Antigo Testamento, encontramos um exemplo de um homem que realmente conheceu a Deus, mas morreu inimigo de Deus; Saul não foi uma vez salvo sempre salvo. No Novo Testamento encontramos um outro exemplo, o caso de Alexandre, o latoeiro.

[6,109]
Aqui encontramos um convertido de Paulo, que juntamente com outro, é repreendido e se afastou da igreja para falar mal, como mostrado abaixo.
1 Timóteo 1:19-20
19 fé Holding, e uma boa consciência, porquanto alguns, tendo colocado de lado em matéria de fé fizeram naufrágio:
20 os quais são Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que eles aprendam a não blasfemar.
2 Timóteo 4:14
14 Alexandre, o latoeiro, me fez muito mal: o Senhor lhe pague segundo as suas obras:
[6,110]
Se cremos que Deus deu aos apóstolos poderes especiais e que nós, como homens, são pecaminosos, digno de condenação pelos nossos atos pecaminosos, então qualquer homem a quem um apóstolo condenado a ser recompensado segundo as suas obras não seria mais seguramente ser encontrado entre os resgatados do reino de Deus. Quem pode ficar diante de Deus justificada por suas obras sozinho? Alexandre, o latoeiro pudesse ter sido contados entre os redimidos, mas como Saul, ele não agüenta até o fim. Como os homens, os Apóstolos só tinha poder para fazer com que o pecado de permanecer ou afastar-se da alma de um crente. O que você acha que foram as chances de Alexandre?
João 20:23
23 De quem perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; e cuja a quem os retiverdes, são retidos.
[6,111]
E quanto a você?
Se estamos a receber as promessas de Deus, devemos obedecer todas as condições. Olhar para as condições de Deus nos seguintes versos:
Colossenses 1:21-23
21 E você, que noutro tempo éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou
22 No corpo da sua carne, pela morte, para vos apresentar santos e irrepreensíveis e irrepreensíveis diante dele;
23 Se vós permanecerdes na fé fundados e firmes, e não ser afastado da esperança do evangelho que tendes ouvido, e que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro;
[6,112]
Note-se aqui mais uma vez, a palavra que anuncia aliança de Deus, isto é, a palavra "se", "Se vós permanecerdes na fé .... E não ser afastado." Saul foi afastado, Demas foi afastado, Alexander foi afastado. Vamos rezar para que nunca estamos afastados. Vamos permanecer servos dispostos de nosso Senhor, Jesus Cristo, que nunca pode tornar-se voluntária na nossa desobediência a ele. Estamos uma vez salvo sempre salvo e somente se continuarmos toda a nossa vida a andar na luz, como ele está na luz.
[6,113]
Palavra final
Tem havido muitas doutrinas que a igreja escolheu para dividir mais, mas nenhum, nos tempos modernos, tem feito mais para irmãos separados que a doutrina da "segurança eterna". Confusão não vem de Deus (1 Coríntios 14:33) também não separação entre os irmãos (1 Coríntios 1:10). Muitos dos crentes de hoje se agarrar esta doutrina, deixaram de se perguntar se deveria mais ser defendida. Tornou-se tão enraizado no tecido da sua crença de que, mesmo sugerindo que ser testado é visto como duvidar de Deus e, conseqüentemente, rejeitado. Sabemos que estamos a testar (tentar) os espíritos para ver se eles são de Deus (1 João 4:1), mas em vez disso, colocamos a nossa confiança no homem, preferindo acreditar no que acomoda a nossa vontade a mais (1 Coríntios 4: 6) ao invés do que a palavra de Deus diz: "Seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4). Por que continuamos a avançar erro doutrinário por causa de orgulho?
[6,114]
A graça de Deus continua a ser um inalterado e um presente unretracted entregues para a salvação de toda a humanidade, mas só pode ser acessada através da fé que cada homem tem em Jesus Cristo (Romanos 5:2). Fé em alguns, pode crescer e tornar-se grande (Mateus 8:10), em outros, pode diminuir para onde ele torna-se pouco (Mateus 8:26). Ela pode crescer novamente como temos acesso a palavra de Deus e aplicá-lo em nossas vidas ou pode diminuir à medida que nos tornamos envolvidos nos cuidados deste mundo. Muitas das coisas que fazemos para o Senhor são realizadas em proporção direta com a nossa fé (Mateus 9:29). Em momentos de medo, a fé pode aparentemente desaparecer (Lucas 08:25). Ela pode ser aumentada (Lucas 17:5, 6), mas também continuam vulneráveis ​​ao fracasso (Lucas 22:32).
[6,115]
Temos sido santificados pela fé (Atos 26:18), justificados pela fé e ter acesso à graça de Deus pela fé (Romanos 5:2). A fé pode ser anulada ou que pode mesmo vir para a condenação, lançando-distância (1 Timóteo 5:12). A graça de Deus não muda, mas a nossa fé pode e faz.
[6,116]
Se estamos a andar pela fé (2 Coríntios 5:7), devemos primeiro aprender a ficar na fé (2 Coríntios 1:24). Pergunte a qualquer um que frequenta uma igreja, se eles têm fé em Deus e sua resposta certamente será um sonoro sim! Não é? Eles realmente acreditam que têm fé, mas muitos são auto-enganados. Nossa fé pode ser derrubado (2 Timóteo 2:18). Nós dizemos: "Não me. Minha fé é real ", mas como sabemos? Se não há atos de obediência, amor ou fé (fruta), então nossa fé é fé, isto é morta sem obras é morta (Tiago 2:26).
[6,117]
Sobre o tema da "Segurança Eterna", alguns são tão resistentes a mudar seu pensamento e coração que de bom grado fazer o impensável. Em vez de mudar por meio do arrependimento para a verdade, torcem a palavra de Deus para atender seu próprio desejo, e ao fazê-lo, trazer sua própria destruição (2 Pedro 3:16). É difícil o suficiente para compreender a palavra de Deus e devemos ser guiados constantemente pelo Seu Espírito, que nos guia em toda a verdade. Alguns vão para grandes comprimentos para explicar por que a palavra de Deus realmente não quer dizer que ela diz claramente, mas Deus diz que Ele significa e significa o que Ele diz. Eles reivindicam a revelação especial, dizendo que devemos ler nas entrelinhas da palavra de Deus. Ao fazer isso, eles negam a própria palavra de Deus.
[6,118]
Irmãos, deixo-vos com um pensamento final, colocar suas idéias preconcebidas atrás de você, deixar de lado a sua doutrina mão-me-down e estudo mostrar se aprovado como obreiro que não precisa ter vergonha, porque você tem, com a orientação do Espírito, devidamente divulgada a palavra de Deus.
[6,119]
Outro pensamento para aqueles que ainda acreditam que "uma vez salvo sempre salvo". O que acontece com qualquer cristão que adiciona ou retira o livro da Revelação (Apocalipse)?
Apocalipse 22:18-19
18 Porque eu testifico a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
19 E, se algum homem tomar distância das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e para fora da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
[6,120]
Como pode o nome de ninguém ser removido do livro (ou árvore) de vida a não ser que foi pela primeira vez nela? Por que não andam na luz, desenvolvei a vossa salvação diária e se certificar que seu nome permanece onde ela pertence? As promessas feitas sob a nova aliança são dadas para aqueles que mantê-lo, pois eles têm "Segurança Aliança" de Deus.

<Capítulo anterior | índice | próximo capítulo>